terça-feira, fevereiro 05, 2008




Não gosto pronto. Não gosto de me mascarar nem que me preguem partidas.
Acho que só vou festejar o Carnaval no dia que for ao Brasil (bahia), aí talvez eu incorpore o espírito carnavalesco. É giro ver os miúdos mascarados pelas ruas, as serpentinas a voar, confetis, mas mais nada. Cortejos com adultos bêbados, homens vestidos de mulher e mulheres não vestidas não acho piada. Bom as mulheres despidas ainda vai, rsrsrssss .

Acredito que estejam quentes mas estamos em Fevereiro meio do Inverno frio de rachar e elas andam nuas na rua!!?? Acho que é forçar uma festa, imitar os brasileiros não me

parece muito tradicional, escolas de samba em Portugal, faz mesmo parte das nossas tradições sambar ate cair para o lado!!! Por favor… E depois os reis e as rainhas, as estrelas das novelas brasileiras, muito vestidos (não são doidos), muito parados, com cara de muito frete. Lá dão um sorriso para as câmaras de TV mas…não me convencem. A última vez que me mascarei foi á bué anos (jah sou kota), aprendi este termo com o meu filhote... se me mascarasse agora por certo seria de pai natal! Porquê ? porque acredito no pai natal...da maneira que isto anda ainda é algo que nos podemos agarrar, né?




Um comentário:

Em tempos foi....Hotaskim disse...

Não te estou a ver agarrado ao Pai Natal, mas ok... :p
Beijocas amigão